Domingo, 14 de abril de 2024
informe o texto

PROBLEMA DE VISÃO

Paciente acusa médico em Cuiabá de erro que o deixou quase cego

Um morador de Cuiabá entrou com uma ação contra um oftalmologista por erro médico que o deixou com apenas 10% da visão. O profissional é famoso na Capital e foi fundador de um dos primeiros hospitais especializados em oftalmologia de Mato Grosso.

A ação pede indenização por danos materiais e morais contra o médico O.A.N.F., que realizou o primeiro diagnóstico do paciente, o de catarata, e realizou alguns procedimentos, mas sem sucesso. O homem resolveu procurar outro oftalmologista e, mesmo com uma nova cirurgia, ele ficou com apenas 10% da visão do olho esquerdo. Os atendimentos foram realizados pelo plano de saúde.

No processo, o médico afirma que não foi comprovado o suposto erro do profissional e que o paciente tinha 'lesões importantes nos olhos, tais como catarata e lesões de retina', ou seja, o caso era grave.

Em decisão publicada no Diário de Justiça de 23 de novembro, o juiz Yalo Sabo Mendes, da 7ª Vara Cível nomeou uma empresa para realizar a perícia médica do paciente e apresentar laudo em 30 dias.

Segundo o magistrado, é preciso esclarecer os seguintes pontos: 'a) A conduta do médico requerido foi compatível com a situação apresentada aos autos. b) Houve conduta médica culposa (imperita) que tenha dado causa ao dano reclamado na inicial; c) A existência de dano que torne o Autor inválido para as atividades cotidianas?'.

 
Sitevip Internet