Domingo, 14 de abril de 2024
informe o texto

PISCICULTURA

Empaer vai comercializar tambacu e tambatinga para criação em cativeiro

Na Estação de Piscicultura da Empaer (Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural), localizada em Nossa Senhora do Livramento (42 km ao Sul de Cuiabá), serão comercializados, na segunda quinzena de fevereiro, alevinos de tambacu e tambatinga para recria e engorda em cativeiro. A venda será apenas uma vez por semana – na sexta-feira, entre 07H30 e 15 horas.

O chefe da Estação, Antônio Claudino da Silva Filho, explica que os piscicultores interessados em adquirir cinco mil unidades de alevinos estão sendo orientados a fazer reserva antecipada, já que a procura é grande.

“Os interessados podem agendar pelos telefones (65) 9606 0281/ 9973 5425. Os alevinos são transportados em embalagens plásticas, com oxigênio, e podem permanecer embalado por no máximo cinco horas. O pagamento é feito na retirada do produto e o transporte é por conta do comprador”, detalha.

A previsão é de venda durante quatro meses (entre fevereiro e maio). Com matrizes das espécies de tambaqui, pacu e pirapitinga, Antônio Filho esclarece que as matrizes foram produzidas na própria estação.

“São de qualidade e isentas da doença Lernia (Lernaea cyprinacea), um ectoparasita ou parasita externo de peixe, que fixa na musculatura, causando lesões, aparecimento de infecções secundárias, mortalidade e redução da taxa de crescimento e na reprodução em peixes adultos”, destaca.

Os alevinos são transportados em embalagens plásticas com oxigênio

A Empaer prioriza o atendimento aos agricultores familiares e disponibiliza, no momento da compra, toda tecnologia de reprodução com informações desde o momento da soltura dos alevinos nos tanques ou represas até o abate.

Segundo Antônio Filho, outros pontos importantes para a criação em cativeiro são manejo, alimentação e nutrição, qualidade e oxigênio da água, temperatura e densidade por metro quadrado. No período de 10 a 11 meses, os peixes estarão prontos para o abate e podem atingir o peso de 1,6 quilo.

'Há mais de 40 anos, a estação de piscicultura da Empaer produz alevinos de qualidade para os produtores rurais a preços acessíveis e com as orientações técnicas necessárias para o bom andamento da criação. Acredito que, em meados de fevereiro, estaremos atendendo os agricultores da Baixada Cuiabana e outras regiões, finaliza.

 
Sitevip Internet