Segunda-feira, 17 de junho de 2024
informe o texto

REPRESENTAÇÃO

FPA-MT é instalada e vira fórum suprapartidário da Agropecuária no Estado

Com objetivo de promover o debate e o diálogo para apoiar o desenvolvimento do agronegócio em Mato Grosso, deputados estaduais oficializaram durante evento realizado na noite desta segunda-feira (24), a instalação da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA). Coordenada pelo deputado Dilmar Dal Bosco (UB), e com a participação de outros 17 parlamentares da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), a FPA terá a missão de atender as demandas do setor e aprimorar a legislação e políticas públicas para o desenvolvimento da agropecuária no estado. ”¯ 

Segundo o coordenador da FPA, Dilmar Dal Bosco a Frente Parlamentar vai dialogar com todas as áreas produtivas do estado, para maximizar todo o potencial do setor de Mato Grosso.  

“Vamos trabalhar principalmente nas leis que tramitam não só na ALMT como também no Congresso Nacional. Hoje nós temos mais de 700 leis tramitando ou no Senado ou na Câmara Federal e mais 62 aqui no parlamento estadual relativas ao agro. Teremos demanda para que todos os colegas possam atuar e trazer resultados para o homem do campo, dando mais segurança para que ele possa trabalhar e produzir e assim contribuir para o desenvolvimento do nosso estado”, pontuou. 

O presidente do Fórum Agro MT e produtor rural, Itamar Canossa, defendeu a instalação da FPA para o desenvolvimento do setor e o reconheceu os parlamentares por fazerem parte do debate. “A FPA é um espaço fundamental para discussão dos problemas e desafios que os produtores rurais enfrentam. Esperamos que a Frente contribua para a criação de políticas públicas de apoio ao setor agropecuário de Mato Grosso. Essa proximidade entre setor produtivo e legislativo é fundamental para evitarmos ruídos na comunicação que deve ser clara e precisa para atender as demandas do setor”, explicou Canossa. 

A deputada estadual Janaina Riva afirmou que a FPA buscará inovações e formas de desburocratizar e auxiliar quem produz em Mato Grosso. “A Frente Parlamentar tem uma relevância muito grande porque fará esse trabalho de aproximação com o Congresso, essa é uma das missões do Dilmar nesse projeto e de nós deputados estaduais, de defender quem produz e contribuir com o estado”, afirmou. 

O deputado estadual Carlos Avallone reforçou a atuação do agronegócio na economia na geração de emprego e renda. “A grande maioria dos parlamentares da ALMT fazem parte dessa Frente, as pautas do setor produtivo são de alta relevância para Mato Grosso, este segmento é a mola propulsora da economia e precisamos ter projetos alinhados para esse setor. O agronegócio é arrecadação, é geração de emprego é fonte de renda e a FPA vai atuar para apoiar seu desenvolvimento”, ponderou.   

A colocação de Avallone foi reforçada pelo deputado estadual Júlio Campos, que defendeu a atividade agropecuária no país. “Mato Grosso hoje é o maior produtor de alimentos do Brasil, se fossemos um país, seríamos o terceiro maior produtor de soja do mundo, atrás apenas do Brasil e Estados Unidos. Essa Frente vai trabalhar para defender os assuntos que envolvem o setor produtivo em nosso estado”, completou.

Compõem a FPA-MT os deputados Carlos Avallone (PSDB); Diego Guimarães (Republicanos); Gilberto Cattani (PL); Janaína Riva (MDB); Valmir Moretto (Republicanos); Cláudio Ferreira (PTB); Elizeu Nascimento (PL); Faissal Kalil (Cidadania); Júlio Campos (UB); Max Russi (PSB); Thiago Silva (MDB); Juca do Guaraná (MDB); Reck Júnior (PSD); Dr. Eugênio (PSB); Nininho (PSD); Xuxu Dal Molin (UB) e João José (MDB). 

Fórum Agro 

Criado em 2014, a instituição Fórum Agro MT deve fomentar o desenvolvimento do agronegócio em Mato Grosso para buscar fortalecimento, soluções e o crescimento do segmento no Estado. 

Tem como principal objetivo harmonizar as atividades das entidades participantes com as principais demandas do momento e ainda, fortalecer o poder de representação do setor, ao estimular políticas públicas para o desenvolvimento da agropecuária. 

O Fórum Agro MT é composto pelas seguintes entidades associadas: Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat), Associação Mato-Grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), Associação dos Produtores de Sementes de Mato Grosso (Aprosmat), Federação de Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato) e Organização das Cooperativas do Brasil - Mato Grosso (OCB-MT) 

 
Sitevip Internet