Sábado, 18 de maio de 2024
informe o texto

FALTA DE PROVAS

Justiça absolve policial acusado de cobrar R$ 15 mil para devolver caminhão

Caso é de 2011, mas absolvição veio apenas em novembro deste ano

Foto: Reprodução

Justiça absolve policial acusado de cobrar R$ 15 mil para devolver caminhão
Uma decisão da juíza Ana Cristina Mendes, da 7ª Vara Criminal, absolveu um policial civil acusado de cobrar propina de R$ 15 mil para que o caminhão da vítima fosse devolvido. Ele e um vendedor acusado de fazer parte do esquema foram inocentados por falta de provas.
 
A acusação é de agosto de 2011, mas a decisão só veio em novembro deste ano. Segundo a vítima, seu caminhão foi furtado enquanto estava estacionado em posto de combustível em Cuiabá. Quando foi denunciar o caso, foi auxiliado pelo investigador J.S.S., que disse ter um informante que poderia ajudar na devolução do bem.
 
Nessas "negociações" o homem conhecido como "Paraíba" cobrou R$ 15 mil para devolver o veículo, porém a vítima alegou não ter esse valor, oferecendo R$ 3 mil e o vendedor negou aceitar essa quantia.
 
Para a magistrada, "os depoimentos judiciais da vítima, das testemunhas e os interrogatórios dos acusados, não foram uníssonos ao narrar os fatos ocorridos. Verifica-se que cada um que foi ouvido em Juízo apresentou uma versão diferente em relação aos detalhes dos fatos, contudo em relação a um fato importante, duas testemunhas afirmaram que a vítima foi quem ofereceu recompensa em dinheiro ao acusado".
 
"Desse modo, as provas colhidas sobre o crivo judicial não foram suficientes para comprovar a materialidade e a autoria do delito de corrupção passiva imputado aos acusados J. e A., eis que a versão apresentada pela vítima não foi confirmada pelos demais elementos de provas colhidos, sendo o relato da vítima insuficiente para ensejar o juízo condenatório", diz ainda trecho da decisão. 

Enquete

Qual aspecto considera mais crucial para melhoria do Cuiabá no Brasileirão?

Você deve selecionar uma opção
 
Sitevip Internet