Terça-feira, 27 de fevereiro de 2024
informe o texto

OPERAÇÃO HERMES (HG) II

Adversário político, Emanuel defende Mauro: 'inocente até que se prove o contrário'

Prefeito evitou opinar sobre operação que recolheu passaporte do filho do governador

Foto: Reprodução

Adversário político, Emanuel defende Mauro: 'inocente até que se prove o contrário'
Adversário declarado do governador Mauro Mendes (União), o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) desta vez saiu em defesa de Mendes, que foi citado na Operação Hermes (Hg), da Polícia Federal, que investiga a compra ilegal de mercúrio para garimpos em Mato Grosso. "É inocente até que se prove o contrário".

Mauro foi citado em conversas entre os integrantes da quadrilha, que afirmaram que o mercúrio importado iria para "o garimpo do governador". Além disso, o filho dele, Luis Antônio Taveira Mendes, foi um dos alvos e teve a prisão pedida pelo Ministério Público Federal (MPF), o que foi negado pela Justiça.

"Mantenho a mesma linha como advogado e professor de direito constitucional. Não poderia agir diferente daquilo que ensinei para os meus alunos e daquilo que pratiquei como advogado. Investigado é inocente até que se prove o contrário", argumentou.

Apesar de não julgar o adversário, que em outras épocas o acusou de ser corrupto e ter vários esquemas em seu governo, Emanuel disse que prefere não opinar sobre um assunto de cunho pessoal de Mendes.

"Eu não queria falar da Operação Hermes agora, até porque envolve filhos né. Eu acho que a família é em primeiro lugar e acima de tudo", defendeu.
 
Sitevip Internet