Terça-feira, 27 de fevereiro de 2024
informe o texto

MAPA DA VIOLÊNCIA

MT tem 11 cidades tomadas por facções; em sete há disputas entre grupos rivais

Cidade mais violenta do Estado têm 3 organizações disputando controle da criminalidade

Foto: Ilustração

MT tem 11 cidades tomadas por facções; em sete há disputas entre grupos rivais
Um levantamento realizado pela 'Cartografias da violência na Amazônia' cita 11 cidades de Mato Grosso no mapa da violência por disputas e controle de facções criminosas. Ao menos 22 facções criminosas nacionais e estrangeiras atuam na Amazônia Legal, formada pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e Maranhão.

O estudo mapeou a presença de facções em 178 das 772 cidades da Amazônia Legal (24,6%), quase um a cada quatro municípios.

Em Mato Grosso, seis cidades estão tendo o controle disputado por duas facções, sendo o Comando Vermelho (CV) e o Primeiro Comando da Capital (PCC). São elas, Tangará da Serra, Rosário Oeste, Alta Floresta, Várzea Grande, Rondonópolis e São José do Rio Claro.

Já no município de Sorriso, apontada como a mais violenta do Estado, três facções disputam o poder na região. Além das duas já citadas, a facção denominada 'Tropa Castelar', aparece na disputa.  

Conforme a Polícia Judiciária Civil, a 'Tropa Castelar', foi criada após um racha no CV, ocorrido no próprio município, por desentendimento entre as lideranças. Agora, ambas lutam para conquistar o comando do tráfico de drogas na região, com o PCC, que também aparece nessa disputa.

O cenário fez com que o município fosse citado no 'Anuário Brasileiro de Segurança Pública', que colocou Sorriso, na 6º posição entre as 50 cidades mais violentas do país.

Já os municípios de Cuiabá, Porto Esperidião, Cáceres e Mirassol D'Oeste aparecem sob controle total da facção do CV.
 
Sitevip Internet