Quinta-feira, 25 de julho de 2024
informe o texto

RETROSPECTIVA 2023

“Advogado Ostentação” pega causas grandes, leva tiro, tem OAB suspensa e lança livro

Marcus Vinícius Borges se tornou uma celebridade em Mato Grosso e já até estrelou clipe

Foto: Reprodução

“Advogado Ostentação” pega causas grandes, leva tiro, tem OAB suspensa e lança livro
Criminalista, digital influencer, ator... São muitas as profissões de Marcos Vinicius Borges, que ficou conhecido em 2023 como "Advogado Ostentação". Ele chegou a ser punido pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) por ostentar bens nas redes sociais, lançou o livro e fecha o ano com mais de 82 mil seguidores no Instagram.
 
Marcos ficou conhecido em fevereiro desde ano, quando assumiu a defesa de Edgar Ricardo de Oliveira, um dos autores da chacina em Sinop (500 km ao norte de Cuiabá), onde sete pessoas morreram em um bar por causa de uma briga em um jogo de sinuca.
 
Ele passou a representar o assassino e intermediou a entrega à Polícia, para que fosse preservada sua integridade física. Desde então, sua vida nas redes sociais passou a chamar a atenção, por causa da ostentação de joias, carros, roupas de marca e outros itens de luxo.

 
Em plena ascensão profissional e pessoal o "Advogado Ostentação" sofreu o primeiro revés: em abril deste ano teve o escritório invadido e foi baleado, com toda a ação registrada por câmeras de segurança. Uma das linhas de investigação é que o atentado possa ter relação com sua atuação profissional.  Ele se recuperou e, aparentemente, não teve grandes sequelas.
 
Apesar do susto, conseguiu se recuperar e já em junho se aventurou em mais uma empreitada. Foi ator no clipe da dupla João Felipe e Vasconcellos, em uma papel parecido com sua vida pessoal: carros de luxo, mulheres bonitas e até "Campari", em alusão ao influencer Thiago Schutz, que ficou conhecido como "Coach do Campari".
 
Em agosto ele voltou à mídia após ter seu registro suspenso pela OAB, justamente por essa exposição nas redes sociais. Isso porque a instituição proíbe alguns tipos de publicidade na internet e sua ostentação foi classificada como antiética.

 
Ele acabou fechando um acordo com a OAB, retirou as postagens do perfil pessoal e criou uma página apenas para a divulgação de seu trabalho como advogado. No perfil pessoal ele continua com alguns conteúdos que demonstram poder aquisitivo mais alto, mas com menos ferquência e exposição que os posts que o fizeram ganhar o apelido de "Advogado Ostentação".
 
Ainda em agosto ele foi condenado a 5 anos de prisão por estelionato contra clientes. Segundo a denúncia do Ministério Público do Estado (MPE), Marcos cobrava valores acima dos honorários previstos pela OAB, com a justificativa que o valor "extra" seria usado para pagar propina a delegados e policiais. Ele recorreu da decisão e o caso ainda não foi julgado na instância superior.
 
Mas quem pensou que esses "perrengues" iriam atrapalhar a ascensão do "Advogado Ostentação", se enganou. Marcos aproveitou os 35 dias da punição e escreveu o livro "Ostentando Conhecimento, a Defesa não Para". lançado em outubro, a obra está esgotada e sem previsão de nova tiragem. No livro ele promete "uma maneira extrovertida de transmitir conhecimento" e debate temas como tráfico de drogas, pacote anticrime, lei Mariana Ferrer e modelos práticos on-line.

Também ganhou uma legião de fãs. Mulheres tatuaram o nome dele em seus corpos, algumas até em partes íntimas.
 
Sitevip Internet