Segunda-feira, 20 de maio de 2024
informe o texto

RECOMPENSA

Sindicato cobra 'extra' a servidores que assumiram cargos de chefia sem remuneração

Classe cobra que chefes e gerentes de unidades recebam percentual de DGA-10 incorporado aos salários

Foto: Secom-MT

Sindicato cobra 'extra' a servidores que assumiram cargos de chefia sem remuneração
O Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal (Sintap/MT) entrou com uma ação na Justiça para cobrar o pagamento de indenização para os servidores do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea) que assumiram cargos de chefia sem serem remunerados para isso.

A ação tramita na Vara Especializada em Ações Coletivas. Segundo o representante sindical essa atuação sem o pagamento devido configura "desvio de função dos servidores que, atualmente, exercem função de confiança de responsável pela unidade local de execução sem o respectivo pagamento".

Entre os cargos assumidos estão o de chefe, gerente, responsável, líder de unidade local de execução. O sindicato pediu à Justiça que seja pago 70% do DGA-10 como indenização. 

Ao analisar o caso, o juiz Bruno D'Oliveira Marques não julgou o mérito, tendo em vista que ainda faltam documentos para compor o processo. Entre os itens que o magistrado pediu que fossem juntados ao processo está o cálculo total dessa indenização, já apontado os servidores que seriam beneficiados.

O juiz deu um prazo de 15 dias para que sejam feitas as correções, assim como a apresentação de documentos para que o sindicato tenha direito à justiça gratuita. 

Enquete

Qual aspecto considera mais crucial para melhoria do Cuiabá no Brasileirão?

Você deve selecionar uma opção
 
Sitevip Internet