Domingo, 21 de julho de 2024
informe o texto

OPERAÇÃO HERMES (HG) II

Justiça libera passaporte e filho de governador viajará para a Europa

Luís Mendes tem viagem marcada para dia 31 de janeiro, quando embarca para Madri

Foto: Reprodução

Justiça libera passaporte e filho de governador viajará para a Europa
Uma decisão da juíza Raquel Coelho Dal Rio Silveira, da 1ª Vara Federal de Campinas, autorizou o filho de Mauro Mendes (União), Luis Antônio Taveira Mendes, a viajar para a Europa na próxima semana. Ele foi um dos alvos da Operação Hermes (Hg) e teve o passaporte apreendido.

Com a autorização, Luís Antônio já tem viagem marcada para a Europa, a partir do dia 31 de dezembro, quando ele embarcará para Madri, ao lado do amigo Mohamed A Hammoud, com quem já havia passado o Réveillon na famosa praia de Pipa, no Rio Grande do Norte.

"Não houve oposição do órgão ministerial, autorizo a viagem pretendida, determinando a restituição do passaporte e comunicação às autoridades da fronteira", diz trecho da decisão.


Além da liberação para a viagem, ele também não precisará entregar o passaporte após voltar da Europa.

O posicionamento do MPF ao pedido surpreendido. Isso porque, a defesa de Luis Antônio havia feito pedido semelhante ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), alegando, entre outras coisas, que o órgão ministerial estava criando 'embaraços' para a emissão de parecer. 

Como conseguiu o recurso na primeira instância, desistiu do pedido no STJ por não haver mais necessidade do julgamento em regime de urgência.


Viagem
Segundo o pedido feito à Justiça, o filho de Mauro Mendes pretende fazer uma "eurotrip" junto com o advogado Mohamed Hammound. A passagem de ida está marcada para 31 de janeiro, com destino a Madri, voltando em 11 de fevereiro da Suíça.

Operação Hermes (Hg) II
Deflagrada em novembro de 2023, a operação teve como alvos empresas que faziam importação ilegal de mercúrio para garimpos. Luis é um dos sócios de uma dessas mineradoras e, por seu envolvimento, teve o passaporte apreendido, documento que entregou mais de 30 dias após a determinação judicial.
 
Sitevip Internet