Terça-feira, 23 de abril de 2024
informe o texto

TRIBUNAL DO CRIME

Juiz recebe denúncia contra advogada que entregava "X9" do CV para serem mortos

Outros 8 integrantes da facção criminosa também se tornaram réus

Foto: Reprodução

Juiz recebe denúncia contra advogada que entregava
O juiz da 7ª Vara Criminal, Jean Bezerra, recebeu denúncia contra nove membros do Comando Vermelho em Primavera do Leste (231 km ao sul de Cuiabá). Um deles é a advogada S.N.A.C., responsável por entregar à facção a lista dos membros que passavam informações para a Polícia e que deveriam ser julgados pelo "Tribunal do Crime". Eles foram alvos de uma operação em dezembro de 2022.
 
Os integrantes do CV respondem pelos crimes de lavagem de dinheiro, além de promoção, constituição, financiamento e integração de organização criminosa. Os réus têm 10 dias para responder à acusação e apresentar provas para sua defesa.
 
Desse grupo, duas mulheres estão foragidas. Elas chegaram a ser presas, mas conseguiram ser soltas com o cumprimento de medidas cautelares. No entanto, no andamento do processo elas fugiram e não foram mais localizadas. Por esse motivo a citação delas sobre o recebimento da denúncia será feito por meio de edital.
 
Além da advogada está preso J.C.A.C., que, segundo as investigações, era responsável por recolher o dinheiro pago pelos comerciantes de Primavera do Leste para terem suas empresas "protegidas" pela facção. Já A.E.S.B. era parte do núcleo do CV que arrecadava dinheiro para a organização criminosa, com a realização de crimes como roubos e furtos.
 
Em junho de 2023 a advogada tentou a prisão domiciliar, mas teve o pedido negado. Os demais presos entraram com pedido semelhante em setembro do mesmo ano, sendo que duas alegaram ter que cuidar de familiares e filhos menores de 12 anos. Assim como no caso da advogada, o recurso foi negado.
 
Sitevip Internet