Domingo, 21 de abril de 2024
informe o texto

ELEIÇÕES 2024

Deputado se empolga com pré-candidatura e cobrará 'fidelidade' no MDB

Juca do Guaraná foi lançado por Francisco Faiad e diz estar preparado para concorrer ao Alencastro

Foto: Assessoria

Deputado se empolga com pré-candidatura e cobrará 'fidelidade' no MDB
Com a missão de apaziaguar os ânimos, o novo presidente do diretório do MDB em Cuiabá, Francisco Faiad, chegou ao cargo já debatendo as eleições deste ano, sugerindo como nome para representar o partido na Capital o deputado estadual Juca do Guaraná. "Fiquei muito feliz com a ventilação do meu nome, com o chamamento do próprio presidente municipal Francisco Faiad", agradeceu o parlamentar.

O nome de Juca surge em meio aos rumores sobre a possibilidade de o partido ter candidatura própria em Cuiabá na eleição para prefeito. Com "racha" interno, o MDB tem se dividido entre o grupo do prefeito Emanuel Pinheiro e o da deputada estadual Janaina Riva, sendo esta última favorável que o partido apoie a candidatura de Eduardo Botelho.

Apesar da afirmação de Faiad, Juca enfatizou que é preciso ter cautela e debater o assunto dentro da sigla antes de se tomar qualquer decisão. "Tudo tem que ser conversado. Primeiro é o consenso, porque não posso ser candidato de mim mesmo, tem que ter base partidária".


Ele informou ainda que irá conversar com os colegas de partido em busca de apoio. "Eu ainda vou conversar com a deputada Janaína, com os 2 vereadores e os outros membros do partido. E tem gente que não tem mandato também, mas que faz parte das lideranças do MDB. É um partido muito grande".

Apesar de boa parte da sigla tentar se afastar da imagem do atual prefeito de Cuiabá, Juca relembrou que ele é figura importante e venceu o pleito mesmo estando atrás nas pesquisas. "O MDB tem protagonismo, teve protagonismo ao eleger Emanuel em 2016 e reelegê-lo em 2020, contra todas as forças políticas. Emanuel foi para o segundo turno em 2020 contra todas as forças políticas de Mato Grosso e ganhou as eleições".

Caso tenha seu nome aprovado para disputar o pleito, o deputado cobrará 'fidelidade partidária' dos demais deputados do partido. "Eu sou uma pessoa partidária e vou querer isso dos meus companheiros de partido. Por exemplo, o deputado Thiago Silva será nosso candidato a prefeito de Rondonópolis. Eu já estou pedindo votos pra ele".
 
Sitevip Internet