Domingo, 14 de abril de 2024
informe o texto

POLÊMICA COM MEDTRAUMA

Após rescisão, Cuiabá fará contrato emergencial e manterá cirurgias

TCE e Ministério Público acompanharão contratação emergencial

Foto: Reprodução

Após rescisão, Cuiabá fará contrato emergencial e manterá cirurgias
Após inúmeras tentativas de negociação, que não tiveram sucesso em razão de decisão da empresa de não dar continuidade aos serviços médicos e aguardar auditoria, a Secretaria Municipal de Saúde anuncia a substituição da empresa Medtrauma Serviços Médicos Especializados Ltda na próxima sexta-feira (23). 

A contratação terá toda segurança jurídica, com acompanhamento e avaliação do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE-MT) e do Ministério Público de Mato Grosso (MPMT). 

Em reunião realizada na manhã desta quinta-feira (22), o presidente do TCE-MT, conselheiro Sérgio Ricardo,  concordou em realizar o acompanhamento da contratação, aumentando a segurança jurídica do novo contrato. 

Com a decisão, a população não ficará desassistida nos casos de procedimentos cirúrgicos ortopédicos no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC).

Como afirmado anteriormente, não ocorreu cancelamento de procedimentos cirúrgicos após o decreto de suspensão do contrato com a empresa. O procedimento, na verdade, foi de reagendamento, com todos os pacientes sendo atendidos normalmente em seguida.
 
Sitevip Internet