Sexta-feira, 19 de abril de 2024
informe o texto

OFENSAS NA CASERNA

​Justiça recebe denúncia e policial militar se torna réu por xingar colegas de farda

Militar da reserva estava em posto quando foi abordado e resolveu ofender colegas

Foto: Reprodução

​Justiça recebe denúncia e policial militar se torna réu por xingar colegas de farda
O juiz Marcos Faleiros, da 11ª Vara Criminal, Especializada em Justiça Militar, recebeu a denúncia contra um policial militar da reserva, acusado de xingar de "policiais de merda" dois colegas de farda que estavam trabalhando. Na mesma decisão o magistrado marcou para 12 de agosto a audiência de instrução do caso.

"Havendo nos autos material probatório mínimo e potencialmente apto a deflagrar a persecução penal, recebo a denúncia oferecida pelo Ministério Público contra o acusado o Sd PM RR I.S. como incurso nas sanções do artigo 299 do Código Penal Militar, uma vez que preenchidos os requisitos do artigo 77 do Código de Processo Penal Militar (CPPM) e inocorrentes as hipóteses do artigo 78 do mesmo Codex, que autorizam sua rejeição", diz trecho da decisão.

O homem, que também é advogado, foi preso por desacato em março de 2023. Ele estava em um posto de combustíveis em que havia menores consumindo álcool quando foi parado. Ele resistiu à abordagem e xingou os servidores de "policiais de merda". Na época I. chegou a ser preso por desacato.

Já segundo o policial militar da reserva a história foi diferente do registrado no boletim de ocorrência. Ele afirmou que não desacatou os colegas de farda e que foi preso porque advoga contra o policial que fez a abordagem em um caso em que o PM atirou em um motorista durante sua folga.
 
Sitevip Internet