Quarta-feira, 22 de maio de 2024
informe o texto

ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA

​Justiça mantém ação contra traficante que torturou e matou inimigos do Comando Vermelho

A defesa dos réus alegou à Justiça que a busca domiciliar foi ilegal, já que não havia um mandato.

Foto: Reprodução

​Justiça mantém ação contra traficante que torturou e matou inimigos do Comando Vermelho
Uma decisão do juiz Jean Bezerra, da 7ª Vara Criminal, manteve a ação que investiga dois membros do Comando Vermelho em Canarana (823 km a leste de Cuiabá), um deles acusado de torturar e matar inimigos a mando da facção. Eles foram presos, mas respondem ao processo em liberdade.

Segundo a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), H.J.R.S., conhecido no mundo do crime como "Zeus", foi preso em 2022 e na casa dele foram encontradas porções de cocaína e maconha, além de materiais para embalar a droga e uma arma ilegal. Na ocasião também foram apreendidos R$ 3,6 mil, sob suspeita de ser lucro do tráfico de drogas.


A defesa dos réus alegou à Justiça que a busca domiciliar foi ilegal, já que não havia um mandato, e pediram a rejeição de denúncia por falta de provas concretas que os liguem ao tráfico de drogas na cidade.

O magistrado negou os recursos, já que os indícios dos crimes constam no boletim de ocorrência, no auto de constatação preliminar de substância entorpecente, no auto de apreensão, no perfil do indivíduo e nas declarações das testemunhas.

Na mesma decisão o juiz também marcou para 23 de julho a audiência de instrução e julgamento, quando serão ouvidos os réus e as testemunhas de defesa e acusação por meio de videoconferência.

Enquete

Qual aspecto considera mais crucial para melhoria do Cuiabá no Brasileirão?

Você deve selecionar uma opção
 
Sitevip Internet