Terça-feira, 23 de abril de 2024
informe o texto

ESQUEMA DAS OSS

​Ex-secretário de Silval consegue desbloquear mansão avaliada em R$ 1,8 milhão

'Afilhado' de Pedro Henry, Vander Fernandes foi secretário na gestão Silval Barbosa

Foto: Reprodução

​Ex-secretário de Silval consegue desbloquear mansão avaliada em R$ 1,8 milhão
O ex-secretário de Saúde na gestão de Silval Barbosa, Vander Fernandes conseguiu na Justiça o desbloqueio de dois imóveis em Cuiabá, sendo um deles uma mansão de R$ 1,8 milhão localizado no Belvedere, na Capital. A decisão é do juiz Bruno D'Oliveira Marques, da Vara Especializada em Ações Coletivas.

O documento foi publicado no Diário de Justiça de 2 de abril. Vander solicitou o desbloqueio dos dois imóveis, mas o magistrado incluiu um terceiro bem com restrição, já solicitando o lançamento no Sistema da Associação Nacional dos Notários e Registradores (Anoreg).

"Anoto, por oportuno, que, com o cancelamento da ordem no Sistema CNIB, o levantamento das constrições dos imóveis de matrículas n° xxx e nº xxx do 6º Serviço Notarial e Registro de Imóveis de Cuiabá deverá ser efetivado pelo referido serviço notarial independentemente de determinação do Juízo neste sentido, haja vista se tratar de sistema eletrônico", diz trecho da decisão.

Os bens foram bloqueados em julho de 2023, como forma de conseguir um futuro ressarcimento aos cofres públicos. Vander é acusado pelo Ministério Público Estadual (MPE) de participar de um esquema de desvio de dinheiro na reforma do prédio onde deveria funcionar a Farmácia Cidadã.


Em 2011 o Estado contratou o Instituto Pernambucano de Assistência e Saúde (Ipas) para realizar a obra, com desvio de R$ 1,5 milhão. Além do valor inicial acima do praticado no mercado, a entidade ainda conseguiu um aditivo no contrato para receber mais. O secretário autorizou o aumento do repasse, mas não estabeleceu metas e nem prazo para a conclusão da obra, ou seja, não realizou nenhuma cobrança ao Ipas.
 
Sitevip Internet