Terça-feira, 23 de abril de 2024
informe o texto

"DANOS IRREPARÁVEIS"

Gabigol entra com recurso para anular suspensão de dois anos e voltar a jogar

A defesa do atleta vai entrar com duas ações no mesmo dia em busca de anular suspensão

Foto: Reprodução

Gabigol entra com recurso para anular suspensão de dois anos e voltar a jogar
Nesta terça-feira (2/4), os advogados de Gabigol vão trabalhar bastante para que o jogador possa voltar a treinar e jogar com a camisa do Flamengo. A defesa entrará com um recurso para anular a decisão do Tribunal de Justiça Antidopagem que condenou o atleta a dois anos de suspensão, além de uma medida para que ele possa voltar aos campos enquanto não se tem decisão final, o que é chamado de efeito suspensivo.

Para Gabigol vestir a camisa rubro-negra novamente nos próximos jogos, os advogados vão alegar “danos irreparáveis” por conta do período em que ele esteve fora dos campos, no qual perdeu a final do Campeonato Carioca e a estreia na Libertadores. A informação é do blog Mercado da Bola.


Pouco utilizado no Flamengo, a alegação também seria de que o jogador perdeu potenciais convocações para a Seleção Brasileira, com a justificativa de que Dorival Júnior conhece bem Gabigol dos tempos em que trabalharam juntos no rubro-negro. Na época eles obtiveram grande sucesso, com títulos da Libertadores e Copa do Brasil.

Gabigol e o Flamengo acreditam na inocência dele e declararam que a punição foi exagerada, bem como a defesa do jogador. Dirigentes do time chegaram a declarar que a punição só foi imposta por conta da notoriedade do atacante.

Relembre o caso

Em abril de 2023, todo o elenco do Flamengo passou por exames antidoping surpresas no elenco do time profissional. A medida acontece rotineiramente e todos os clubes, eventualmente, passam por estes testes. Na oportunidade, os fiscais responsáveis pelos exames afirmaram que Gabigol, deliberadamente, tentou dificultar o trabalho.


Segundo a denúncia, o atleta teria se recusado a fazer o exame de sangue antes do treino, marcado para a manhã daquele dia, ao contrário de todos os outros jogadores. Além disso, durante o exame de urina, o jogador escondeu sua genitália, algo que não é permitido, uma vez que os órgãos responsáveis precisam averiguar supostas tentativas de fraudar o exame. Gabigol também teria entregue o frasco coletor aberto, o que vai contra as recomendações. A agressividade do jogador com os profissionais também consta na denúncia.

Por conta disso, Gabigol acabou sendo denunciado no artigo 122 do Código Antidopagem Brasileiro que aborda "fraude ou tentativa de fraude de qualquer parte do processo de controle". O jogador "escapou" de pegar uma pena mais pesada, uma vez que poderia ser punido por quatro anos de suspensão.
 
Sitevip Internet