Sexta-feira, 19 de abril de 2024
informe o texto

LIDERANÇA RECONHECIDA

Mauro encontrará Bolsonaro em Cuiabá e não punirá filiados ao UB que prestigiarem ex-presidente

Ex-presidente tem agenda em quatro cidades de Mato Grosso na próxima segunda-feira

Foto: Metrópoles

Mauro encontrará Bolsonaro em Cuiabá e não punirá filiados ao UB que prestigiarem ex-presidente
O governador Mauro Mendes Ferreira (União) confirmou nesta quarta-feira (3) que recepcionará o ex-presidente Jair Messias Bolsonaro (PL) na próxima segunda-feira (8). Bolsonaro virá a Cuiabá e outras três cidades do Estado - Diamantino, Campo Novo do Parecis e Sinop - participando de atos junto a aliados e feiras agropecuárias.
 
"Qualquer ex-presidente que vir a Mato Grosso, eu vou recepcioná-lo, seja ele quem for. E eu estarei seguramente lá", afirmou Mauro, logo após entregar o balanço das contas de 2023 ao Tribunal de Contas do Estado.

"Se o presidente Lula vir aqui, vou recepcionar. Qualquer ex-presidente que vir a Mato Grosso, foi a maior autoridade desse país, ele vai ser recebido por mim, de acordo com a agenda que ele escolheu, da melhor maneira possível", complementou.

Mauro, no entanto, ainda não revelou onde encontrará Bolsonaro. Segundo ele, é preciso conciliar as agendas de ambos. "Não tive acesso a qual é a programação oficial deles. Sei que ela já existe, mas assim que  tiver vou ver onde que nós vamos ter essa oportunidade de recebê-lo aqui", pontuou.


O governador ainda descartou vetar a participação de pré-candidatos do União Brasil em atos de Bolsonaro. A polêmica se dá porque o partido do governador lançou o deputado estadual Eduardo Botelho à prefeitura da Capital, enquanto o ex-presidente participará de um ato de apoio a pré-campanha de Abílio Junior (PL) ao mesmo cargo.

"É um evento aberto, vai quem quiser. Não entendo que será evento de política eleitoral, até porque está proibido isso. Agora, a visita de um ex-presidente, que tem liderança que todo mundo reconhece, ele pode ter a participação de qualquer cidadão que se julgue interessado em estar lá prestigiando o ex-presidente Bolsonaro", finalizou.

Mauro Mendes e Bolsonaro são próximos politicamente. O governador apoiou o ex-presidente em 2018 e 2022, quando, inclusive, esteve coligado com o PL no Estado.
 
Sitevip Internet