Quinta-feira, 30 de maio de 2024
informe o texto

Homem é preso por matar arquiteto e roubar cachorro para dar à mãe

Caso inicialmente era tratado como incêndio em casa na zona sul, mas polícia descobriu que homem ateou fogo para matar arquiteto de 61 anos

Foto: Reprodução/Google Street View

Homem é preso por matar arquiteto e roubar cachorro para dar à mãe
A Polícia Civil nesta terça-feira (9/4) um homem suspeito de matar carbonizado um arquiteto de 61 anos no dia 30 de março na Vila Sônia, zona sul de São Paulo.

Inicialmente, o caso foi tratado apenas como um incêndio em uma casa na Rua Tristão de Campos. Mas investigação do 34º Distrito Policial (Morumbi) apontam que o suspeito preso ateou fogo na residência para simular a morte. O corpo do arquiteto foi encontrado carbonizado.

O homem confessou o crime e disse que ele e a vítima tinham um relacionamento amoroso. Segundo a polícia, o criminoso afirmou que os dois se conheceram há dois meses em um semáforo onde o preso vendia doces.


O investigador do caso afirmou ao portal g1 que o suspeito estava com o carro do arquiteto e um cartão de banco dele, que foi usado por 11 vezes na região do Campo Limpo, também na zona sul. Além disso, ele havia roubado o cachorro da vítima e dado de presente para sua mãe.

A Polícia Civil foi até a casa da mãe do preso para resgatar o cachorro, que foi devolvido à família da vítima no fim da tarde desta terça (9/4).

Enquete

Qual aspecto considera mais crucial para melhoria do Cuiabá no Brasileirão?

Você deve selecionar uma opção
 
Sitevip Internet