Terça-feira, 21 de maio de 2024
informe o texto

BARBÁRIE

Dívida de aluguel motivou mãe e filho cometerem assassinatos em MT; alvo não foi baleado

Antes do crime, os acusados registraram um boletim de ocorrência contra o alvo principal por ameaça

Foto: Reprodução

Dívida de aluguel motivou mãe e filho cometerem assassinatos em MT; alvo não foi baleado
O duplo homicídio ocorrido na tarde deste domingo (21) em Peixoto de Azevedo (691 km ao norte de Cuiabá) teria sido motivado por uma antiga dívida de aluguel que os assassinos, Inês Gemilaki e Bruno Gemilaki, deviam ao dono da casa onde ocorreram os assassinatos.

Segundo a delegada Anna Paula Marien, o alvo principal dos assassinos não chegou a ser ferido. A tragédia culminou na morte de Pilson Pereira da Silva, de 80 anos, e Rui Luiz Bolgo, de 43 anos. Um padre também foi baleado e socorrido com vida.



Após o crime, os atiradores e uma terceira pessoa, que seria o marido de Inês, fugiram. Ainda conforme a delegada, a linha de investigação segue a de um desacordo comercial. O casal teria alugado uma propriedade que pertencia a 'Polaco', alvo dos assassinos, e ao deixarem a residência, restaram algumas dívidas que não foram sanadas, levando a uma disputa judicial.

Antes do crime, os acusados estiveram na delegacia e registraram um boletim de ocorrência contra 'Polaco', e em seguida foram até a casa dele e praticaram o duplo homicídio.

Após o crime, os três envolvidos fugiram e chegaram a ser vistos em uma conveniência, já na cidade de Matupá, comprando cervejas. "A Polícia Civil continua empenhada na resolução do caso, realizando diligências e reunindo todos os elementos de informação necessários para a prisão e condenação dos suspeitos". O trio está sendo procurado.
   
 

Enquete

Qual aspecto considera mais crucial para melhoria do Cuiabá no Brasileirão?

Você deve selecionar uma opção
 
Sitevip Internet