Terça-feira, 21 de maio de 2024
informe o texto

EM TRATAMENTO

​Afastado por doença, policial militar pede à Justiça para trabalhar em Goiás

O militar reside no estado de Goiás, onde está realizando tratamento médico.

Foto: Reprodução

​Afastado por doença, policial militar pede à Justiça para trabalhar em Goiás
Afastado desde 2017 de suas atividades por causa de diversas doenças, um policial militar de Alto Paraguai (218 km a médio-norte de Cuiabá) tenta na Justiça ser cedido para a Polícia Militar de Goiás, estado onde atualmente mora para passar por tratamento médico.

“Sustenta que foi diagnosticado com diversas síndromes, estando atualmente afastado de suas funções por motivo de doença. Que atualmente encontra-se residindo na cidade de Simolândia-GO”, consta em seu pedido ao Judiciário.

Após não conseguir a transferência por meio de pedido administrativo, o militar entrou com a ação para tentar obrigar o Estado a permitir que ele seja cedido ao Estado vizinho. O servidor pediu que fosse concedida uma liminar, para que a autorização fosse imediata.


O caso é analisado pela 1ª Vara Especializada da Fazenda Pública de Cuiabá, pelo juiz Flávio Miraglia. Com as atuais informações do caso ainda não é possível decidir sobre uma liminar.

"No que se refere à concessão da liminar, indefiro, tendo em vista a necessidade da produção de elementos que evidenciam a probabilidade do direito do autor, o que ocorrerá somente após a triangulação processual", diz trecho da decisão.

Enquete

Qual aspecto considera mais crucial para melhoria do Cuiabá no Brasileirão?

Você deve selecionar uma opção
 
Sitevip Internet