Terça-feira, 23 de julho de 2024
informe o texto

SAFRA 2022/23

Mato Grosso é responsável por 62,19% dos embarques nacionais de pluma

No acumulado da safra 2022/23, até abril, o estado enviou para o mercado externo 1,32 milhão de toneladas de pluma

Foto: Viviane Petroli/Canal Rural Mato Grosso

Mato Grosso é responsável por 62,19% dos embarques nacionais de pluma
Mato Grosso foi responsável no período de agosto de 2023 a abril de 2024 por 62,19% dos embarques nacionais de pluma. No acumulado dos escoamentos brasileiros da safra 2022/23 da fibra, o volume embarcado é de 2,12 milhões de toneladas, um incremento de 69,07% ante o mesmo período da safra 2021/22.

Ao todo, Mato Grosso exportou 1,32 milhão de toneladas. Tal volume representa um aumento de aproximadamente 59,47% em comparação ao período da safra 2021/22, de acordo com os números da Secretaria de Comércio Exterior (Secex).


Os dados da Secex, constam em análise no boletim semanal do algodão do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), e revelam ainda que a alta em relação a temporada 2021/22 nos embarques, em especial no Brasil, decorre a demanda oriunda da China, além do maior volume de pluma produzido no ciclo 2022/23.

Conforme a análise do Instituto, apesar da maior quantidade de pluma escoada ser oriunda de Mato Grosso, a participação do estado nas exportações totais do Brasil recuou em 3,75 pontos percentuais ante o mesmo período da safra passada.


A redução, explica o Imea, ocorre “uma vez que outros estados, como São Paulo, têm ganhado mais espaço nos envios”.

Por fim, o boletim frisa que “com os embarques aquecidos, o Imea projeta que Mato Grosso exportará no acumulado total da safra (agosto de 2023 a julho de 2024) 1,73 milhão de toneladas, volume 4,84% maior que o registrado na safra 21/22”.
 
Sitevip Internet