Domingo, 21 de julho de 2024
informe o texto

SISTEMA PRISIONAL

Estado gasta R$ 63 milhões com alimentação para presos e menores infratores em Cuiabá e VG

As contratações foram realizadas com dispensa de licitação; contratos contemplam um ano de serviços

Foto: Reprodução

Estado gasta R$ 63 milhões com alimentação para presos e menores infratores em Cuiabá e VG
O Governo do Estado fechou dois contratos para o fornecimento de alimentação para os presos e menores infratores que estão em sete unidades penitenciárias de Cuiabá e Várzea Grande. Por um ano dos serviços a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp) irá pagar R$ 63,1 milhões.

As contratações foram realizadas com dispensa de licitação e divididas em dois lotes. O primeiro terá como fornecedora a Novo Sabor Refeições Coletivas, que receberá R$ 45,3 milhões para atender as unidades na Capital como o Complexo Pomeri - destinado a adolescentes infratores -, Penitenciária Central do Estado (PCE) e Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May.


Já em Várzea Grande a vencedora do lote foi a 4 Estações Comércio e Serviços Ltda, que fechou contrato de R$ 17,7 milhões para fornecer refeições de junho deste ano a junho de 2025 para a Cadeia Pública de Várzea Grande e o Centro de Ressocialização Industrial Ahmenon Lemos Dantas.

Os extratos dos contratos foram publicados no Diário Oficial de 6 de junho. No dia seguinte foram nomeados os servidores que serão fiscais da prestação de serviço e seus substitutos. A formalização do trabalho oferecido foi assinada pelo secretário adjunto de Segurança Pública, Heverton Mourett de Oliveira.
 
Sitevip Internet