Quinta-feira, 25 de julho de 2024
informe o texto

DADOS DO IMEA

Vendas de milho seguem 'lentas' ante colheita acelerada em MT

Mato Grosso negociou até o momento apenas 45,43% da produção prevista para a temporada 2023/24 de milho

Foto: Vence Tudo

Vendas de milho seguem 'lentas' ante colheita acelerada em MT
Mato Grosso já colheu 76,28% no milho, mas ao contrário das máquinas, as vendas do cereal 2023/24 seguem devagar quando comparadas com a média histórica. Até junho apenas 45,43% da produção prevista estava negociada pelos produtores.

Segundo levantamento do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), na variação mensal foram 9,19 pontos percentuais de avanço frente a maio.

“Esse cenário se deve à valorização de 1,34% no preço médio em junho, que ficou em R$ 38,43 a saca e pela necessidade dos produtores de fecharem negócios”, destaca o Instituto.


Em junho do ano passado, as negociações da safra 2022/23 estavam em 53,47%. Já a média histórica para o mês é de 72,21%.

Em nova estimativa de safra, divulgada na última semana, o Imea revisou os números para o milho e as projeções apontam para uma produção de 47,3 milhões de toneladas nesta safra 2023/24. O resultado, se concretizado, deverá ser impulsionado pela produtividade, cuja média prevista é de 113,53 sacas por hectare.

Ainda tem milho 2022/23

Ainda conforme o Imea, no que se refere a safra 2022/23 o estado até junho contava com 98,40% da produção recorde de 52 milhões de toneladas comercializadas.

Apesar da evolução mensal de 1,01 ponto percentual, em decorrência da alta de 1,20% no preço médio, que alcançou R$ 38,88 a saca, as vendas seguem atrasadas, uma vez que nesta época a safra 2021/22 estava 100% vendida, assim como o observado na média histórica dos últimos cinco anos.


Preço “impulsiona” vendas da 24/25

Quando analisada a safra 2024/25, que será plantada a partir de janeiro, as negociações estão em 4,68% da produção estimada. Um avanço de 1,55 ponto percentual ante maio, devido à alta de 1,36% no preço.

Impulsionada com tal reação nos preços, as negociações da safra 2024/25 estão 0,18 ponto percentual à frente da safra 2023/24 no mesmo período. Entretanto, quando analisada a média histórica dos últimos cinco anos, segue aquém dos 21,68% observados.
 
Sitevip Internet