Terça-feira, 23 de julho de 2024
informe o texto

FEMINICÍDIO

Homem põe fogo na amante e finge ser motorista de app para escapar

Amante morreu carbonizada dentro de carro após ameaçar expor o caso à família do suspeito, que confessou o crime e foi preso por feminicídio

Foto: Reprodução/SBT News

Homem põe fogo na amante e finge ser motorista de app para escapar
Um homem de 42 anos foi preso em flagrante após ter ateado fogo e assassinado sua amante na manhã dessa terça-feira (9/7) em Mauá, interior de São Paulo.

Miqueias Bezerra de Almeida é casado, mas tinha um relacionamento amoroso com a vítima, Alessandra Christina, de 34 anos. À polícia, ele confessou ter ateado fogo no carro em que Alessandra estava porque temia que ela contasse do caso à sua família.


Segundo Miqueias, Alessandra não aceitava o fim da relação e ameaçou expor o caso. Por essa razão, ele teria marcado para um encontro em um local isolado da rua Pedro de Toledo, no bairro parque São Vicente, para matá-la.

Ele confessou ter jogado um galão de gasolina no automóvel e depois ateado fogo. O corpo carbonizado da mulher foi encontrado carbonizado pela Guarda Civil Municipal de Mauá e levado ao Instituto Médico Legal para identificação.

Segundo a GCM, Miqueias teria tentado se passar por motorista de aplicativo para evitar ser ligado com a vítima. Ele foi levado à 1° DP de Mauá, onde confessou o crime e foi preso em flagrante por feminicídio.
 
Sitevip Internet